Resultados dos Estudos Arqueológicos no Loteamento Parque Barreto Leme – Campinas – SP

PROJETO

Avaliação de Impacto ao Patrimônio Arqueológico na área de implantação do Parque Barreto Leme (Gleba 56)

DADOS IPHAN

Processo n.º 01506.002851/2019-87
Autorização por meio da Portaria n.º 55, de 21 de agosto de 2020. Publicada do Diário Oficial da União nº 162, 24 de agosto de 2020.

LOCALIZAÇÃO

Campinas – SP

EMPREENDIMENTO

Parque Barreto Leme (Gleba 56)

ANO DA PESQUISA

2020

APOIO INSTITUCIONAL

Diretoria de Ensino Região Campinas Oeste/Escola Estadual Santa Clara do Lago

SÍTIO ARQUEOLÓGICO

Não foram registrados

RESULTADOS

O entendimento expresso pelo IPHAN quando da emissão do termo de Referência foi o de que o empreendimento se enquadrava no nível III, “de média e alta interferência sobre as condições vigentes do solo, grandes áreas de intervenção, com limitada ou inexistente flexibilidade para alterações de localização e traçado”. Esse enquadramento ensejou a submissão de um projeto de avaliação de impacto ao patrimônio arqueológico, conforme o disposto nos arts. 18, 19 e 20 da Instrução Normativa n.º 1/2015.

A execução das atividades previstas no projeto de pesquisa, além de tentar encontrar, delimitar e quantificar os eventuais sítios e ocorrências arqueológicas existentes na ADA do empreendimento, também buscou identificar, caracterizar e avaliar o grau de conservação / de afetação dos bens arqueológicos que eventualmente pudessem subsistir no terreno e nas imediações.

No desenvolvimento dos trabalhos de campo, foram propostas atividades de caminhamento, abordagens oportunísticas e prospecção intensiva de subsuperfície. Na execução das atividades de campo, todos os 19 poços-teste projetados em gabinete foram escavados. Destaca-se que esses procedimentos não resultaram na identificação de qualquer vestígio arqueológico nos limites da área do empreendimento.

Em relação às ações de esclarecimento, as parcerias com a Diretoria de Ensino Região Campinas Oeste e a Escola Estadual Santa Clara do Lago tiveram efeito positivo, uma vez que, a partir dessas, será possível disseminar na comunidade do entorno do empreendimento informações pertinentes ao estudo. Nesse sentido, espera-se que os interlocutores abordados possam envolver e instigar outros interlocutores, seja no compartilhamento do material informativo digital, e / ou na divulgação da existência do conteúdo digital específico no Facebook e blog da A Lasca Arqueologia.

FOTOS DO CAMPO

O processo completo pode ser consultado no Sistema Eletrônico de Informações – SEI do Iphan.

Acesse aqui mais informações sobre o contexto da pesquisa e o conhecimento arqueológico em Campinas: https://alascaconsultoriablog.wordpress.com/2020/09/21/outros-estudos-arqueologicos-em-campinas/


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s